joaquim_couto_vitoriaFoi assim que Joaquim Couto celebrou a vitória à Câmara Municipal de Santo Tirso, com 44.96% 17924 votos o que lhe dá a maioria absoluta na Câmara Municipal, O PS infligiu uma das maiores derrotas de que há registos ao PSD (32,74%, 13051 votos), conquistando todas as Uniões de Freguesia, algumas delas sedes das zonas mais urbanas e industriais do município como a cidade de Santo Tirso e a Vila de São Martinho do Campo, conquistou igualmente a Vila de São Tomé de Negrelos e a Vila de Rebordões, assim como a União das freguesias de Além rio, aonde o PSD tinha uma junta de Freguesia, no total o PS ganhou 9 Juntas de Freguesia, ficando o PSD com vitórias no 2º Polo do Concelho Vila das Aves, Monte Córdova, Agrela e uma vitória ao PS em relação a 2009 na Reguenga por Paulo Leal, no total de 4. Já na Assembleia Municipal o PS tem 22 deputados, o PSD 14 e a CDU viu aumentada a sua participação para dois deputados mais um do Movimento para a frente Santo Tirso e um do CDS/PP. Em termos globais destaca-se pela positiva a estratégia de candidatura de Joaquim Couto, que foi considerada melhor projectada pela população, a vitória de Jorge Gomes, que fez um trabalho importante na conquista de votos na freguesia do centro da cidade, Marco Cunha conhecedor do terreno nas freguesias do PS da “nova união” soube levar a bom porto a sua candidatura em S. Martinho do Campo, Roberto Pinheiro em S. Tomé de Negrelos, e Eurico Tavares na nova união de além-rio, Elisabete Faria conseguiu uma importante vitória em Vila das Aves para o PSD, após a saida de Carlos Valente, por limitação de mandatos, assim como Paulo Leal que se impôs na Reguenga , Manuel Leal em Monte Córdova e Paulo Bento na Agrela, o aumento da votação da CDU que agora têm 2 mandatos na Assembleia municipal e a vitória do único movimento independente em Água Longa com apenas mais 2 votos do que o PS local. Pelo lado negativo, ficaram Alírio Canceles, que foi incapaz de inverter este ciclo de 31 anos do PSD na oposição, José Pedro Miranda, que perdeu votos na freguesia do centro além de ter sido  incapaz de convencer os eleitores das freguesias da união aonde o PS era poder e Fernando Lima que não conseguiu convencer os eleitores das freguesias da união que eram socialistas e impedir o aumento de votação do PS em São Martinho do Campo, a incapacidade da lista independente “Para a frente Santo Tirso” em eleger um vereador e a perda de cerca de 600 votos por parte do CDS/PP.

Consulte os resultados do concelho e pais Aqui.

PartilheShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Share on Tumblr0